Muito além da recuperação física: conheça a importância e as principais áreas da fisioterapia

30 de agosto de 2021 Stella Sem categoria 0 Comentários

No senso comum, normalmente a fisioterapia está associada à recuperação de lesões musculares causadas por traumas. E, de fato, ela é uma poderosa aliada na reabilitação física, ajudando a recuperar movimentos e tratar lesões. Mas você sabia que o trabalho da fisioterapia vai muito além do campo ortopédico?

Com impactos positivos em praticamente todas as áreas da medicina, ela atua tanto no campo preventivo quanto terapêutico, podendo ajudar a restaurar ou melhorar a funcionalidade de todos os órgãos e sistemas, trabalhando em conjunto com outras especialidades como neurologia, pneumologia, cardiologia, reumatologia, geriatria, pediatria, ginecologia, oncologia, obstetrícia e até da estética!

Entre os diversos benefícios da fisioterapia para o bem-estar e a qualidade de vida, podemos citar melhoria da postura, diminuição das dores, prevenção de lesões, auxilio nos treinos físicos, tratamento de doenças crônicas e recorrentes, controle da insônia, melhora nas doenças respiratórias e neurológicas, auxílio no trabalho de parto, ajuda no pré e pós operatório, entre outros. Confira agora algumas das principais áreas de atuação do fisioterapeuta:

Fisioterapia traumato-ortopédica – Uma das mais tradicionais, é voltada para cuidar e prevenir lesões como fraturas, torções e luxações.

Fisioterapia Pediátrica Motora – Ajuda nas funções motoras e de coordenação das crianças, auxiliando em problemas como atraso de desenvolvimento.

Fisioterapia neurofuncional – Ajuda a prevenir, reverter e aliviar sequelas no sistema nervoso, causadas por doenças como a esclerose ou AVC.

Fisioterapia dermofuncional – Lida com diversas condições da pele e do corpo como gordura localizada, cicatrizes, rugas, ajudando também no pré e pós operatório.

Fisioterapia cardiorrespiratória – Atua na reabilitação do coração e pulmões, como pacientes que passaram por cirurgias ou condições graves que afetam esses sistemas.

Fisioterapia oncológica – Busca amenizar e prevenir as consequências geradas pelo tratamento do câncer, ajudando as pessoas a manterem sua rotina e autoestima.

Fisioterapia gerontológica – Busca preservar a capacidade física e funcional dos idosos, prevenindo lesões, promovendo a independência, reduzindo o risco de acidentes e preservando a força muscular.

Fisioterapia aquática – Também conhecida como hidroterapia, ajuda pessoas com dificuldades de locomoção e melhorando os sistemas respiratório e circulatório através de exercícios e movimentos de baixo impacto para as articulações.

Could not resolve: urls.api.twitter.com (Domain name not found)